Soberba

PV16 18

O princípio ético que fundamenta o livro de Provérbios tem uma posição muito clara a respeito do papel da soberba na ruína dos projetos humanos. Os motivos para associar a soberba com a ruína são o seguintes: 1) a soberba sempre tem como consequência a desonra (Pv 11:2); 2) da soberba só se resulta a contenda (Pv 13:10); 3) a soberba é alimentada pela tolice proveniente da boca do insensato (Pv 14:3) e 4) a soberba é o principal instrumento para abater o ser humano (29:23). Assim sendo, a somatória de desonra, contenda, tolice e queda só poderia culminar nessa convicção afirmada no provérbio: a soberba precede a ruína. O provérbio não é uma advertência, mas sim, uma constatação de um processo inevitável e previsível.

Aplicação

Seja vigilante quanto a esses quatro sintomas da soberba, a fim de evitar a própria ruína. Não se associe com pessoas ou contextos que promovam ou pratiquem esses quatro elementos: desonra, contenda, tolice e queda.

Daniel Santos

Nota:
Os posts na categoria SABEDORIA EM PROVÉRBIOS serão postados sempre nas quarta-feiras a partir de agora.

 

 

Lembrou-se de alguém enquanto lia? Compartilhe.
  • 2
    Shares

One Comment

Deixe uma resposta